Notícias

Ordem dos Médicos reconhece Miguel Sousa Neves com Medalha de Mérito

2022-11-28

Ordem

A 9ª distinção de Mérito pela Competência em Gestão de Serviços de Saúde na história da Ordem dos Médicos foi atribuída ao Dr. Miguel Sousa Neves, atual presidente da direção da Sociedade Portuguesa de Gestão de Saúde (SPGS).

 

Esta condecoração premeia aquele que consideram ter desenvolvido um trabalho extremamente meritório na gestão de serviços de saúde e na promoção de conhecimentos de gestão a profissionais de saúde.

 

Em anexo poderão ler breves notas biográficas do homenageado descritas pela Ordem dos Médicos.

 

A apresentação do Dr. Miguel Sousa Neves foi feita pela Dra. Maria de Belém Roseira e corroborada pelo Bastonário da Ordem, Dr. Miguel Guimarães e pelo Ministro da Saúde, Dr. Manuel Pizarro.

 

Num auditório completamente cheio e com a presença de inúmeras personalidades como ex- ministros e secretários de Saúde (Maria de Belém Roseira, Luís Filipe Pereira e José Miguel Boquinhas), ex-bastonários (Dr. Gentil Martins e Pedro Nunes), atuais dirigentes de organismos públicos como o presidente do Infarmed Dr. Rui Santos Ivo e a Dra. Maria Manuela Faria, presidente do CD da ADSE, o Dr. Miguel Sousa Neves agradeceu a todos aqueles que o foram acompanhando na sua carreira.

 

Aproveitou também o momento para apontar alguns caminhos:

- a necessidade cada vez maior da prevenção da doença pelo investimento bem programado na literacia com envolvimento real da comunidade;

- o investimento num envelhecimento ativo e saudável, numa política transversal e multinível, com planificação a médio e longo prazo, algo que poderá trazer muitos aspetos positivos num país cada vez mais envelhecido;

- a obrigatoriedade de se focar no "attainment joy in work" para os profissionais de saúde para que possamos melhorar a gestão das unidades de saúde;

- a aposta no desenvolvimento de fórmulas simples, mas práticas, de avaliação contínua, citando E. Deming que, em 1950, desenhou um diagrama que se denominou de "ciclo de melhoria contínua" PDCA: plan - do - check - act - plan -...;

- a "vantagem" para os médicos, da relação única de confiança que estabelecem com os pacientes, lembrando que essa ligação empática pressupõe também uma maior responsabilização dos profissionais de saúde no seu trabalho com pessoas fragilizadas;

- a aposta na escolha dos melhores gestores possíveis para a saúde pois que, para além de se tratar do bem mais precioso, as estruturas hospitalares, com as inúmeras variáveis, externalidades e tecnologia em evolução constante, são das organizações mais difíceis de gerir. Apontou também que, as do domínio público, exigiam ainda maior atenção pois trabalhavam com dinheiro de todos os contribuintes;

- e por fim referiu que, a nível das políticas públicas, o enfoque deveria ser no que já tinha referido, como a prevenção da doença e o envelhecimento ativo, assim como na maximização da operacionalidade das unidades primárias de saúde, que são os "gatekeepers" de todo o sistema de saúde.

VOLTAR

NEWSLETTER
Siga-nos
facebook vimeo

© 2015. Todos os direitos reservados.
Design e desenvolvimento: LinkAge