Notícias

O Confinamento e Nós por cá

2021-01-14

Estamos em vésperas de mais um confinamento que se afigura essencial para aplanar a curva ascendente de internamentos por pessoas infetadas com o vírus SARS COV 2.

Este objetivo é muito importante porque os hospitais e o Serviço Nacional de Saúde estão quase em rotura pelo afluxo enorme de pacientes covid positivos que ocupam espaços e tempos muito maiores de internamentos assim como uma logística muito diferente dos outros pacientes. Também temos que diminuir o número dramático de óbitos das últimas semanas relacionados com o vírus. Por fim, com o tempo quase todo dedicado a doentes covid, há muitos outros pacientes que não terão o seu tratamento atempadamente e ficarão por fazer diagnósticos e exames que podem ser extremamente prejudiciais para o bem-estar das pessoas.

Assim temos que assumir que o confinamento é necessário e não valerá a pena pensar muito no que poderia ter sido feito antes. Agora é olhar em frente e irmos todos cumprindo as regras de distanciamento social e higienização necessárias assim como a utilização da máscara facial sempre que estejamos fora de casa.

No entanto, e como referido anteriormente, não nos podemos esquecer que as outras doenças não deixaram de existir.

No que respeita aos olhos e oftalmologia há que manter a vigilância ativa de doenças e potenciais problemas para que se evitem males maiores no futuro.

Aqui na Clínica continuamos a ter as precauções máximas para que as pessoas se sintam seguras aquando das suas consultas.

Nós próprios, aqueles que são o grupo permanente desta clínica, fazemos testes de despiste de covid semanalmente para que possamos eventualmente protegermo-nos e aos familiares assim como aqueles que precisam dos nossos cuidados.

Os nossos médicos estão a ser vacinados no âmbito do protocolo de vacinação que está a decorrer nas unidades hospitalares do Serviço Nacional de Saúde, o que nos trará maior tranquilidade.

A Clínica continuará aberta 6 dias por semana com precauções redobradas e atentos à evolução da pandemia.

Como Diretor Clínico tenho a certeza que oferecemos a segurança máxima possível para que os pacientes possam continuar a serem consultados em segurança e tratados da forma mais adequada aos seus problemas oculares.

A pandemia vai passar, mas todo o processo durará muitos meses e só quando uma percentagem grande da população estiver vacinada é que poderemos aos poucos voltar à normalidade que existia há um ano.

Miguel Sousa Neves

14 de janeiro de 2021

VOLTAR

NEWSLETTER
Siga-nos
facebook vimeo

© 2015. Todos os direitos reservados.
Design e desenvolvimento: LinkAge