Notícias

No glaucoma o importante é um diagnóstico precoce

2008-06-27 11:03:55



O Glaucoma Crónico de Ângulo Aberto tem uma evolução lenta e, na maior parte dos casos, É DESCOBERTA POR ACASO EM CONSULTAS DE ROTINA (daí a importância das consultas de rotina a partir dos 40 anos quando nós começamos a sentir dificuldades na visão ao perto ).

Para um diagnóstico precoce medimos a Pressão Intraocular que deve ser geralmente menor que 21mmgh na generalidade das pessoas. Se estiver muito alta isso significará Glaucoma mas também poderá haver doença mesmo com Pressão dita normal. Para nós o exame mais útil actualmente é a TOMOGRAFIA ÓPTICA COERENTE pois faz uma avaliação minuciosa dos discos ópticos (parte do nervo óptico que “encaixa” no olho) e nos diz se há alguma alteração suspeita de glaucoma.

De qualquer modo o diagnóstico é, às vezes, complexo e muitos casos ficam na “lista dos suspeitos" de virem a ter glaucoma.

A partir do momento em que fazemos o diagnóstico de GLAUCOMA será um diagnóstico para o resto da vida pois não há tratamentos que curem a doença mas sim que a controlem. O tratamento inicial consiste geralmente em colírios que terão que ser aplicados diariamente 1 ou 2 vezes por dia. Em casos raros poderá ser necessária uma intervenção cirúrgica para controlar a Pressão Intraocular.

O paciente deve ser seguido regularmente com medição da Pressão Intraocular + Tomografia Óptica Coerente e/ou Campos Visuais e o tratamento é alterado consoante avaliamos a evolução.

Se o diagnóstico for atempado e o tratamento correcto então o paciente pode sentir que a sua qualidade de visão poderá ser preservada o resto da vida.

VOLTAR

NEWSLETTER
Siga-nos
facebook vimeo

© 2015. Todos os direitos reservados.
Design e desenvolvimento: LinkAge