Notícias

Dia 12 de março – Dia Mundial do Glaucoma

2018-01-13

O que é o glaucoma? 
 
O glaucoma é uma doença ocular grave e uma das principais causas de cegueira no mundo atual. 
É uma doença que afeta geralmente os idosos, mas que também pode aparecer à nascença – Glaucoma Congénito. 
No glaucoma a perda de visão é consequência da destruição do nervo óptico, uma estrutura localizada no fundo do olho, e responsável pela condução das imagens até ao cérebro. 
O nervo óptico pode ser comparado a um cabo eléctrico  formado por inúmeros fios, as fibras nervosas. No glaucoma  essas fibras são destruídas, tornando impossível a condução das imagens ao cérebro. Nesta situação assiste-se ao aparecimento de manchas escuras no campo de visão, e se a doença evoluir, há perda progressiva da visão. 
Geralmente tem o seu início por volta dos 40/50 anos embora o diagnóstico seja geralmente tardio porque a doença é “silenciosa” e lenta na evolução. 
Em Portugal há uma versão particular de Glaucoma que está relacionado com pseudoexfoliação e que é uma causa significativa de cegueira unilateral no nosso país. 
 
Quais são os sintomas do glaucoma? 
 
 No glaucoma assiste-se ao aparecimento de manchas escuras no campo de visão, e se a doença evoluir, há perda progressiva da visão. 
Geralmente tem o seu início por volta dos 40/50 anos embora o diagnóstico seja geralmente tardio porque a doença é “silenciosa” e lenta na evolução. 
Em Portugal há uma versão particular de Glaucoma que está relacionado com pseudoexfoliação e que é uma causa significativa de cegueira unilateral no nosso país. 
 
 
Quais as causas do glaucoma? 
 
No glaucoma há aumento da pressão no interior do olho. De um modo geral, podemos dizer que uma pressão superior a 22 mmHg poderá provocar a destruição das fibras do nervo óptico, mas este número é variável. 
 
Embora ainda não sejam conhecidas as causas de glaucoma, consideram-se como factores de risco: 
Idade – idade superior a 35 anos 
História familiar de glaucoma – indivíduo com mais cuasas de glaucoma na família 
Medicação – ex: tratamento prolongado com corticóides 
Doenças – ex: hipertensão arterial, diabetes 
Raça – indivíduos de raça negra e asiática 
Miopia 
 
Como é diagnosticado o glaucoma? 
 
As consultas regulares por um oftalmologista são a melhor maneira de detetar o glaucoma. 
Dependendo da situação do doente, o oftalmologista decidirá quais os testes a realizar e qual a regularidade com que estes deverão ser repetidos. 
 
A doença tem tratamento e pode ser controlada. Quanto mais cedo se diagnosticar e tratar, melhor o resultado final. 

VOLTAR

NEWSLETTER
Siga-nos
facebook vimeo

© 2015. Todos os direitos reservados.
Design e desenvolvimento: LinkAge