Artigos

A ROTINA DO PACIENTE QUE VAI PARA UMA CIRURGIA DE CATARATA

2011-11-02 18:34:47



No dia da consulta em que é decidida a cirurgia de catarata, o paciente é submetido a vários exames que visam calcular o tipo de lente intraocular que se coloca e planear o que fazer para criar a menor dependência de óculos possível após a cirurgia. Também é explicado de forma clara, e com tempo necessário, em que a mesma consiste e a que horas deverá comparecer.

Geralmente não são necessários quaisquer exames complementares fora da clínica e o paciente não necessitará de suspender qualquer medicação que esteja a fazer. Inclusive, é dito ao paciente para não alterar qualquer rotina de medicação crónica que faça (salvo raras excepções). O paciente toma o habitual pequeno almoço em casa e à chegada ao hospital é recebido por uma enfermeira especializada que tomará nota da medicação que habitualmente faz, medirá a tensão arterial, pulso e fará avaliação da glicose caso seja diabético. A enfermeira tem com ela um protocolo previamente estabelecido e saberá quais as gotas a aplicar logo de seguida. Essas gotas serão aplicadas de 10 em 10 minutos durante cerca de 40 minutos enquanto o paciente repousa num sofá.

À entrada do bloco é colocada uma roupa especial para minimizar o risco de infecções no espaço do bloco operatório.

A anestesia durante a cirurgia, que geralmente demora cerca de 10 a 15 minutos, consiste unicamente na aplicação de gotas pelo que o paciente estará acordado e poderá, sempre que julgar relevante, falar com o médico durante o acto cirúrgico.

Após a cirurgia é colocado um protector de plástico transparente para protecção ocular durante as primeiras 24 horas, depois o paciente é levado para uma área de recobro onde uma enfermeira explicará os cuidados e procedimentos a tomar, assim como entregará as gotas necessárias para aplicação geralmente 4xdia em casa, dirá qual o dia de consulta pós-operatória e entregará o número de telemóvel pessoal do cirurgião para que possa contactá-lo a qualquer hora caso sinta ser necessário.

Após a explicação e entrega da medicação o paciente tem alta e poderá ir para casa.

Em casa poderá fazer uma vida minimamente normal como ver TV, ler e fazer pequenos trabalhos de casa desde que não faça muitos esforços.

Na consulta pós-operatória serão avaliados os óculos que usa e as possíveis necessidades de actualização assim como receberá informação sobre as gotas que deverá colocar durante cerca de 3 a 4 semanas.

O paciente tem então alta devendo voltar por rotina dentro de cerca de 6 meses. Será também avisado que poderá sempre contactar o cirurgião ou a clínica caso tenha quaisquer dúvidas ou algum problema.

VOLTAR

NEWSLETTER
Siga-nos
facebook vimeo

© 2015. Todos os direitos reservados.
Design e desenvolvimento: LinkAge